O momento econômico diz "desacelere". A moda diz "nós podemos ajudar a se vestir para a ocasião".

Ok, nem sempre é assim, mas é inegável que a as duas andem juntas. Afinal de contas, a moda é o segundo setor mais lucrativo do mundo, perdendo apenas para o ramo alimentício. 

É natural que ambos conversem usando a mesma língua e, o que estamos vendo, é um momento de apreensão que incentiva as pessoas a frearem seus impulsos e colocar o pé no chão. Literalmente.

A Forbes apontou a relevância da década ao enumerar coleções que ressuscitam ideiais dos anos 70 como a simplicidade e a relação mais estreita com peças fáceis de combinar e com um toque casual. Isso faz com que as escolhas na hora da compra sejam mais eficazes e a composição de looks mais eficiente.



Combinando mais peças entre si, temos 'n' possibilidades na hora de vestir, sem precisar recorrer ás lojas toda semana.

Mas por outro lado...

Outras marcas pegam carona nos cabelos volumosos, no design psicodélico e nas formas esvoaçantes. Tudo maxi. Tudo over. Tudo preparando terreno para a era disco.



 


Seria natural que as próximas temporadas trouxessem os excessos dos anos 80, celebrando um momento melhor para a economia e para a sociedade, mas em épocas como esta, é importante segurar as pontas, equilibrar o salto e investir naquilo que é mais seguro.

Dá pra soltar a imaginação em alguns momentos, afinal, tensão demais não é nada saudável. Criar composições mais divertidas e coloridas em contraponto com peças em tons terrosos e modelagem reta.





 A Vogue Brasileira já anda soltando postagens de como entrar no clima dos anos 70, com looks boho e outros com referências mais elegantes.

O South China Morning Post contribuiu com a onda de publicações, relacionando elementos atuais ao estilo retrô. Na pauta, releases de marcas com Chloé, Miu Miu e J. Brand.

A CNN vai rodar uma série sobre os anos 70 e como a programação da TV daquela época influencia muito o que vemos hoje.

E no twitter, não param de pipocar postagens com cliques incríveis de looks nas ruas e editoriais que pegam carona no tema. Vale muito a pena conferir.

Na decoração, elementos naturais e paisagismo com forte influência da natureza ganha espaço em casas e apartamentos mundo afora. O momento é de reflexão e de contato maior com a terra.

E o verão 2016 também aponta forte para esta década. Plataformas, tons terrosos, rasteirinhas com cara handmade e modelagens mais simplificadas são as grandes apostas da vez na área calçadista.




------------------------- Leia mais ------------------------


Master The Trend: Polonecks
Meet The New Flamboyant Man
 
Top Ten New York Street Style Trends
Return To Retro




Imagens: Vogue UK, Vogue Brasil, SCMP, Style.com








Inspirada na versatilidade da mulher urbana, a Cristófoli lança sua coleção de inverno 2015 com modelagens mais recortadas e tons marcantes. Sandálias, open boots e materiais como o neoprene são algumas das novidades que a marca traz para a temporada mais fria do ano.




A pluralidade de estilos, característica do cenário de moda atual, reforça a importância do calçado acompanhar essas mudanças de "personalidade" ao longo do dia. A partir daí, a equipe de estilo misturou elementos como o country, o rock, o punk, a androginia dos anos 60 e a simplicidade dos anos 70, criando composições que favorecem todos os biotipos e estilos.






Na cartela de materiais estão presentes couros com acabamentos que imitam pele de elefante, camurças e texturas lisas. A novidade fica por conta da utilização de neoprene em botas de cano longo e sandálias de salto alto. Além do conforto, o neoprene mantém os pés aquecidos e permite que pessoas com diferentes formatos de pés possam se valer da coleção.

Nas cores, destaque para o marsala, azul marinho e terracotas. Em matéria de acabamento, a coleção conta com aplicação de hot fix metalizados e esmaltados, tachas e rebites em preto e bordô.



--

Linha Premium

Para o inverno, a Cristófoli trouxe uma outra novidade para um público seleto que preza pelo design e pelos detalhes marcantes. Modelos inspirados no preciosismo das criações de grandes Maisons europeias ganham solado de couro e acabamento metalizado.

Além de deixar o sapato mais leve, o solado de couro tem um visual mais requintado e permite um acabamento perfeito. Já a sola metalizada é um espetáculo à parte para quem ama uma certa extravagância.



Modelos com sola de couro: sandálias de salto muito alto, botas over the knee e scarpins. Os solados metalizados são exclusivos de uma linha de ankle boots.





Fonte: Assessoria Cristófoli




A Universidade Feevale realizará, entre 9 e 12 de março, o curso de extensão Produção em moda e figurino para cinema e TV. A capacitação apresentará as áreas de atuação do produtor de moda, considerando os tipos de produção e as particularidades dos mercados editoriais, publicitários e cinematográficos. As aulas abordarão os principais temas, como planejamento da produção, pesquisa de referências, produção de moda e ética na profissão.

O curso, ministrado por Alice Alves, acontecerá das 19h15min às 22h15min, no Câmpus II da Feevale (ERS-239, 2755, Novo Hamburgo). As inscrições podem ser feitas até o dia 7 de março, pelo site http://www.feevale.br/ensino/cursos-e-eventos/producao-de-moda-e-figurino-para-cinemaa-e-tv.







Sobre a ministrante

Alice Alves já trabalhou com a figurinista Marilia Carneiro nas novelas O Clone e Celebridades, e no seriado A Casa das Sete Mulheres, da Rede Globo. Com Verônica Julian, Alice foi produtora de figurino para os seriados Antônia 1 e 2, dirigidos por Tata Amaral, Gisele Barroco, Luciano Moura, Fabrizia Pinto e Roberto Moreira.

Seu trabalho mais recente foi de assistente da figurinista carioca Bia Salgado, no filme Serra Pelada, dirigido por Heitor Dhalia. Alice também é coordenadora de figurino no filme Super Crô, dirigido por Bruno Barreto.



Investimento: 1x de R$ 88,58 + 6x de R$ 88,57 ou R$ 620,00 à vista.

DESCONTO ESPECIAL: 

Alunos, acadêmicos de graduação ou pós-graduação, graduados, pós-graduados da Feevale:
1x de R$ 70,84 + 6x de R$ 70,86 ou R$ 496,00 à vista.

Alunos, acadêmicos de graduação da Feevale com 55 anos ou mais:
7x de R$ 62,00 ou R$ 434,00 à vista.

COMUNIDADE

Pessoa com 50 a 54 anos:
1x de R$ 70,84 + 6x de R$ 70,86 ou R$ 496,00 à vista.

Pessoa com 55 anos ou mais:
7x de R$ 62,00 ou R$ 434,00 à vista.

Acadêmicos de outras instituições:
1x de R$ 79,74 + 6x de R$ 79,71 ou R$ 558,00 à vista.

EMPRESA

Inscrição de 2 funcionários: 5%
Inscrição de 3 funcionários: 7,5%
Inscrição de 4 ou mais funcionários: 10%

Mais informações: (51) 3586-8822.




Fonte: Assessoria de Imprensa Feevale




Mirar-se em referências internacionais é uma das formas mais utilizadas de buscar ideias para a criação. Revistas, sites, jornais, todos eles voltam seus olhos para as tradicionais semanas de moda de NY, Londres, Milão e Paris, colhendo elementos que se adaptem à realidade brasileira, trazendo um novo fôlego criativo para a moda.

Porém, o velho mundo continua velho. Mais do mesmo.

Não é à toa que a valorização do que é produzido aqui esteja evidenciando uma nova fase do design nacional.

Coleções inspiradas no nordeste, com suas tramas, suas cores, suas histórias. Nos arranha-céus de SP, nos telhados e paredes multicoloridos das favelas, nos entalhes preciosos das casas de origem alemâ e italiana na serra gaúcha. Nos ramos fortes e galhos secos do cerrado.

No grafitte poderoso e estridente das grandes capitais. Tudo é inspiração. Mas nem tudo isso traduz a necessidade que o brasileiro sente.

É importante buscar os moldes fora das fronteiras de sua região e unir fôrma e forma para criar um produto que desperte o desejo de consumo do brasileiro.

O que tem do lado de lá?

Saltos grossos. Referências aos anos 70. Rasteirinhas slip. Elementos com recortes orgânicos. Plataformas. Sandálias gladiadoras. 




------------------------------- gladiadoras --------------------------------








  ------------------------------- plataformas ----------------------------------











------------------------------ saltos grossos ------------------------------


















-------------------------------------- slip sandal ---------------------------------------






















Anote tudo.




Fotos: WWD

Ads