Megatendências: Comportamento de Consumo para o inverno 2014





A equipe de coolhunters da UseFashion acaba de liberar um estudo que prevê o comportamento de consumo dos brasileiros para o inverno 2014. Segundo este estudo, a análise dos perfis de cada geração é uma ferramenta poderosa para a estratégia de negócios. Entretanto o mundo tornou-se bem mais complexo nos últimos anos e, ainda que nascidos nos mesmos períodos e compartilhando experiências semelhantes, os indivíduos tendem a agrupar-se de novas maneiras, respondendo de novas formas aos mesmos estímulos. 


Frente a este cenário, foram encontradas três novas formas de consumo e, dentro de cada uma, dois perfis de consumo que identificam estes novos padrões sociais: Consumo Fundamentado, Consumo Compensatório e Consumo Hedonista. 




O consumo fundamentado é aquele que precisa de uma motivação. Não se trata de negar o consumo, e sim de consumir com um propósito, com qualidade, atemporalidade e clareza. Os indivíduos deste grupo são pessoas que questionam a velocidade das mudanças, a turbulência das cidades e o valor do silêncio em um mundo tomado por celulares e mp3. 






A ascensão da classe C fez com que estes indivíduos consumissem para compensar o atraso no acesso a determinados bens e serviços para reafirmar esta nova condição. Outra linha desta análise mostra os jovens deste nicho, que consomem para se atualizar, compensando supostas defasagens com o que é novo. 






O consumo hedonista é movido por um sentimento de direito adquirido, seja por conquista ou herança, seja cultural ou material. Este público se permite desfrutar da melhor qualidade de produtos, além da sofisticação das artes, assegurando seu pertencimento a um alto nível sociocultural. Neste cenário o capital econômico e capital cultural nem sempre caminham juntos, permitindo a divisão em duas frentes de perfis que ora se alternam, ora se sobrepõem, ora se complementam. 





Imagens: UseFashion/Reprodução




0 comentários: